O uso da biomassa financiará um terço do trabalho florestal na luta contra os incêndios em Mula (Múrcia)

biomassa

7.463 toneladas de biomassa serão extraídas, melhorando a saúde destas áreas arborizadas e reduzindo os riscos e impactos de possíveis incêndios das florestas públicas "Umbria da Serra Espuña" e "Sierra de Pedro Ponce", localizadas no município de Mula, como parte do Plano Florestal da Região de Múrcia, onde a Comunidade desenvolve trabalhos de prevenção de incêndios utilizando biomassa.

O investimento que ocorre em Mula totalizou EUR 687.660, euros 463.457 dos quais são financiados pelo governo regional e o restante será gerado a partir da comercialização de biomassa extraída no trabalho de melhorar essas florestas públicas.

Consuelo Rosauro, diretor geral da Medio Medio, ressaltou que essas tarefas de manejo florestal "reduzem a densidade da vegetação para favorecer o crescimento geral das florestas, reduzindo o risco de incêndios". Trata-se de melhorar a saúde das florestas e gerar uma atividade produtiva e geradora de emprego ”. A ação consiste na eliminação de árvores excedentes, enfraquecidas, dominadas ou defeituosas, o que melhora o estado vegetativo geral dos povoamentos florestais, favorecendo o seu desenvolvimento e reduzindo o risco estrutural de incêndios florestais.

Mais informação:

http://www.laopiniondemurcia.es/municipios/2018/02/12/utilizaran-7-toneladas-biomasa-mula/897362.html