ECOLOMA BIOCOMBUSTIBLES apresenta ECONO PELLET na Expobiomasa

ECONO PELLET

Fabricação de pelota de osso verde-oliva. Este novo produto de biocombustível é alcançado através da transformação e normalização de um combustível como o osso em um formato de pastilha padronizado.

Os resultados das primeiras análises realizadas pelo CARTIF atendem a vários parâmetros do padrão ENplus para pellets de madeira, como umidade (9,4%), poder calorífico (3.920 kcal / kg em base húmida de PCI), cinzas (0,5%), etc. . Estes resultados são alcançados graças ao tratamento do osso da azeitona obtido em nossa fábrica, e atualmente Está certificado nos parâmetros BIOMASUD.

Simplesmente fazemos pelotas com uma máquina padrão de produção de pellets, adicionando uma pequena proporção de ligante de combustível natural que praticamente não altera os valores da matéria-prima: o osso de azeitona BIOMASUD A1.

Actualmente, este produto está a ser analisado em laboratórios nacionais e internacionais de referência, de forma a aprovar os bons resultados de desempenho obtidos nos testes do último Inverno em instalações entre 50 kW e 350 kW.

Este produto é obtido de uma forma muito econômico. O PELLET ECONO é obtido de um subproduto da agricultura anualmente em uma base massiva e com pouca competição em uso.

Ele vai para equipamentos de combustão de energia de pequeno e médio porte que estão procurando um combustível padronizado e Mais barato do que pellet de madeira. O ECONO PELLET pode ser utilizado nas mesmas instalações que o tradicional aglomerado de madeira, uma vez que as suas características são semelhantes, normalmente, variando alguns parâmetros do equipamento, o máximo desempenho e eficiência serão obtidos.

BIOCOMBUSTÍVEIS DA ECOLOMA apresentou esta candidatura ao Prémio Inovação Expobiomasa 2019. Mais informações sobre o Prêmio Inovação Clique aqui