EcoPulser presente na Expobiomasa graças a PALLMAN

EcoPulser

O EcoPulser é um moinho que não tritura com contato mecânico, mas faz isso "ondas de choque" que gera ao girar entre si os rotores 2 de que dispõe. Este novo sistema permite economize 80% nos custos de energia Em relação aos moinhos convencionais, como moinhos de martelos, viruteadoras ou similares; sendo o ROI de até apenas 8 meses

Você pode moer aprox. 5 t / h de aparas de madeira com apenas motores 2 de 22 kW cada. Sem contato mecânico, custos de manutenção entre paradas, peças de desgaste, etc. eles podem ser reduzidos a um terço. Além disso, no esmagamento não gera pó de madeira, por isso não gera zona ATEX e o sistema de aspiração precisa entre um 10 e um 20% menor com a consequente economia de energia.

Finalmente, no caso da madeira reciclada, ondas de choque eles só esmagam a madeira, mas não outros elementos poluentes, como plásticos ou metais (ferrosos ou não ferrosos), sem afetar os rotores EcoPulser ao passar por eles. Portanto, o material final pode obter uma melhor separação e maior limpeza final.

Na fabricação de pellets ou biomassa para gerar energia, uma das grandes desvantagens é que mais de 50% do seu custo está nos custos de energia. O EcoPulser é uma tecnologia alternativa e revolucionária em comparação com os atuais sistemas de moagem antes da fabricação de pellets e a obtenção de aparas de madeira para queimar em caldeiras de biomassa.

Além disso, a sua aplicação no caso da madeira reciclada é uma revolução, uma vez que os clientes poderão obter pureza ainda maior do produto final sem o seu sistema de separação precisa ser muito complicado, minimizando o nível de contaminação do produto.

Uma equipe dedicada aos produtores de pellets, briquetes, chips, usinas de geração e para recicladores de madeira.

PALLMAN apresentou esta candidatura ao Prémio Inovação Expobiomasa 2019. Mais informações sobre o Prêmio Inovação Clique aqui